Açúcar e crianças: uma combinação perigosa.

Olá Adorável Mãe!!! Tudo bem com você?

Esta semana, o parlamento britânico sugeriu para o governo aumentar impostos sobre alimentos com muito açúcar e, em geral, os que sejam pouco saudáveis. O motivo é tentar reduzir os índices de obesidade entre os jovens que já chega a níveis extremamente preocupantes. Por lá, apelidaram a medida de “fat tax”, ou, “imposto sobre gordura”.

Isto me motiva e me deixa super animada com o post de hoje. Quem convive comigo sabe como sou exigente com a alimentação da Lis. É claro que nem sempre consigo manter o nível de exigência que eu gostaria, mas sou muito feliz em dizer que com 1 ano e 1 mês ela não sabe o que é chocolate, nem “inhos” da vida, nem bolacha recheada, nem suco (industrializado), nem refrigerante, enfim… nada que venha dentro de um caixinha ou saquinho. Os motivos são inúmeros, por isso quero compartilhar alguns deles com vocês:

  1. Existem estudos que afirmam que o açúcar branco é viciante. Ele provoca no cérebro os mesmos efeitos que as drogas, lícitas e ilícitas.
  1. Ao introduzir o açúcar na alimentação de um bebê, estamos acostumando/viciando o seu paladar ao doce, dificultando ainda mais a introdução a outros sabores como ácido, amargo, salgado e umami.
  1. No Brasil, 33,5% das crianças estão com sobrepeso ou obesas.
  1. Cada brasileiro consome em média 51 quilos de açúcar por ano. São mais de 4 quilos por mês! Imagina que parte desse açúcar pode estar indo para o seu filho!
  1. O consumo excessivo de açúcar contribui para a morte de 35 milhões de pessoas por ano no mundo!
  1. Doenças que estão relacionadas com o excesso de açúcar como Câncer, Derrames, Doenças do Coração, Diabetes são as que mais matam pessoas nos Estados Unidos.
  1. Pela primeira vez na história, as crianças americanas tem uma expectativa de vida menor que de seus pais! Muitos casos relacionados à obesidade, diabetes do tipo 2 e doenças do coração. Todos problemas diretamente ligado ao consumo excessivo de açúcar.
  1. Não pense que isso é uma realidade distante de nós. Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde diz que o Brasil pode se tornar o país mais obeso do mundo em apenas 15 anos! Parece muito, mas se seu bebê tem a idade Lis, isso vai acontecer antes mesmo que se formem no ensino médio.
  1. Uma em cada três crianças entre 5 a 9 anos está acima do peso.
  1. O açúcar branco – ou refinado – alimenta as células cancerosas e está relacionado ao desenvolvimento de câncer de mama, ovário, próstata, reto, pâncreas, trato biliar, pulmão, vesícula e estômago.
  1. Nas crianças, o açúcar provoca um rápido aumento de adrenalina, hiperatividade, ansiedade, dificuldade de concentração e irritabilidade.
  1. Pode reduzir a capacidade de aprendizado, afetar negativamente as notas das crianças e provocar transtornos de aprendizagem.
  1. Pode piorar os sintomas de crianças com transtornos de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).
  1. Desidrata recém-nascidos.
  1. Bebês e crianças que consomem açúcar apresentam índice elevado de obesidade quando chegam na fase da adolescência ou adulta.
  1. A cada 5 crianças obesas, 4 permanecerão obesas quando adultas.
  1. Alimentos industrializados com excesso de açúcar e sódio destroem as papilas gustativas. Crianças possuem um paladar muito mais aguçado que o nosso, ou seja, se para nós adultos está “sem gosto” para os bebês não está. Eles conseguem explorar sabores que passam despercebidos por nosso paladar “viciado e alterado”.

Eu poderia continuar listando os motivos pelos quais a Lis não come açúcar, mas penso ter bons argumentos. Infelizmente, não conseguiremos poupá-la a vida toda, mas aqui em casa fazemos o possível para que até os dois anos a gente consiga privá-la desse doce vício.

É muito importante que você saiba que quase tudo o que consumimos possui açúcar refinado. Pães, doces, bolachas, suco de caixinha, suco de pacote, bisnaguinha, refrigerante, iogurtes, gelatina e, inclusive algumas marcas de fórmula infantil!

Eu tenho me esforçado ao máximo para aprender mais sobre o assunto e cada vez que aprendo alguma coisa nova tenho a certeza que estamos fazendo a escolha certa.

Pode parecer forte o que vou escrever, mas você já parou pra pensar que com uma má alimentação estamos “matando” nossos filhos aos poucos? Exagero? Parece que não! Mas no caso da minha cria, todo cuidado é pouco principalmente tratando-se de alimentação – que é algo que irá refletir para o resto da vida deles.

Por hoje é isso mamães. O post ficou meio longo, mas o tema é bem complexo. Provavelmente ainda voltarei a falar sobre isso. Lembre-se sempre, açúcar não é afeto!

Compartilhe com a gente o que você pensa sobre esse assunto tão polêmico.

Não deixe de curtir, comentar e compartilhar!

Um super beijo e até a próxima!


Fonte:
http://www.vivaplenamente.net/os-maleficios-do-acucar/
https://www.youtube.com/watch?v=gt2QZttnsCQ
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/08/150826_obesidade_infantil_mdb
http://www.muitoalemdopeso.com.br/

Deixe seu comentário